Share
São Paulo ganha aplicativo que mapeia o universo das artes
Cool Tours traz programação atualizada das principais instituições de cultura,
sugestões de roteiros a pé e informações sobre obras públicas

Onde encontrar rapidamente informações sobre artes em São Paulo? Já imaginou acessar pelo celular, de maneira prática e objetiva, a programação atualizada das principais instituições de cultura na capital paulista? Sem custos e, ainda, tendo a possibilidade de interagir com esse conteúdo? Foi a partir dessas indagações que nasceu o aplicativo para smartphones Cool Tours, cuja proposta é oferecer ao usuário uma maneira diferente de vivenciar a cidade, em plena sintonia com os movimentos contemporâneos de ocupação dos espaços urbanos. A nova ferramenta, disponível para download gratuitamente na Apple Store e Google Play, mapeia e promove as atrações desse universo, incluindo também: murais, grafites e esculturas em vias públicas; monumentos históricos; construções emblemáticas e sua arquitetura. O Cool Tours se destina a toda população da metrópole e do entorno assim como turistas, brasileiros e estrangeiros, e está disponível nas versões português e inglês.

O ponto de partida foi difundir a oferta cultural de São Paulo, com informações que abrangem desde a história, curiosidades, programação de mostras em curso, horários, valores de ingressos, dicas e formas de acesso. Mas, diante da quantidade e qualidade das atrações, o Cool Tours acabou absorvendo mais funções e diferenciais durante seu processo de criação e desenvolvimento. É o caso da seção “Por Aqui”, que elenca pontos de interesse baseados na localização do usuário e ordenados pela proximidade. Outro exemplo são os “Tours”, sugestões de roteiros em uma mesma região da cidade que pode ser explorada a pé. Além disso, o sistema conta com GPS, que traça a rota para se chegar ao destino escolhido, e oferece visualização do local, por meio do Google Street View. Quer programar uma visita? O aplicativo também se conecta ao calendário do celular. Existe ainda possibilidade de programar alertas para quando o usuário estiver perto de um museu, por exemplo.

A integração com o Facebook e interatividade são outros destaques. Assim, visitas, fotos ou uma mensagem sobre determinada atração podem ser compartilhadas. O Cool Tours disponibiliza o link para as páginas das instituições na rede social e, ainda, divulga o serviço educativo, potencializando a comunicação, o alcance e, consequentemente, a visitação por parte do público. O usuário pode visualizar os contatos no Facebook que também utilizam o aplicativo, além de sugerir um novo ponto de interesse, registrar avaliações e criar uma lista com todos os lugares visitados.

O projeto tem à frente três sócios, que atuam em áreas distintas, mas complementares. Nicolle Stad (Negócios), Denis Shirazi (Tecnologia) e Marcelle Sartori (Conteúdo) se uniram há mais de um ano com um interesse em comum: democratizar a cena cultural através de soluções tecnológicas. Na bagagem, o trio também possui experiência na criação de áudio guias para mostras, galerias e eventos. Dois exemplos recentes desse trabalho são as exposições “Yayoi Kusama – Obsessão Infinita”, encerrada em 27 de julho deste ano, e “Histórias Mestiças”, em cartaz até 05 de outubro. Segundo eles, os próximos passos para o Cool Tours são oferecer venda direta de ingressos e expandir o aplicativo para outras cidades brasileiras e Buenos Aires, na Argentina, até o final de 2015.

O lançamento do aplicativo acontece em 10 de setembro, com coquetel para convidados a partir das 20h no Instituto Tomie Ohtake (Rua dos Coropés, 88, Pinheiros).

COMO? ONDE? QUANDO?
Cool Tours
Onde?  No seu smartphone
Quando? A partir dia 10 de setembro de 2014
 Quanto? Gratuito
Share