Share
Depois de Tim, Elis, Rita Lee e Cazuza chega aos palcos Cássia Eller – O musical! Em cena, vida e obra da cantora de postura
rock´n´roll  e garras afiadas, cravadas na história da música brasileira 

Clima intimista, simples e teatral, o espetáculo – que apresenta 39 canções em arranjos fiéis aos originais – conta, cronologicamente, dos 18 anos em diante, momentos da carreira e da vida da intérprete que deixou sua identidade marcada na pele da MPB. Fecha a trilogia de biografias musicais de João Fonseca.

Depois de Vingança (Lupicínio Rodrigues) e Ópera do Malandro (Chico Buarque), o Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo recebe seu terceiro musical no ano e reafirma seu compromisso com a valorização do trabalho de artistas nacionais nesse gênero. No resgate da história de mais uma figura importante da música brasileira, o CCBB apresenta Cássia Eller – o Musical, que estreou no Rio de Janeiro, passou por Belo Horizonte e faz temporada aqui antes de seguir para Brasília.

Com direção de João Fonseca e Vinicius Arneiro, dramaturgia de Patrícia Andrade, direção musical de Lan Lan (percursionista oficial de Cássia Eller desde o disco Veneno Antimonotonia, de 1996), codireção musical de Fernando Nunes, idealização de Gustavo Nunes e realização da Turbilhão de IdeiasCássia Eller – O Musical fica em cartaz de 19 de setembro a 10 de novembro, em sessões de quinta a sábado, às 20h, domingo, às 19h e segunda, às 20h.

No papel papel-título está a atriz e cantora curitibana Tacy de Campos, de 24 anos, selecionada em audição com mais de mil candidatas e que tinha 11 anos quando Cássia morreu e foi descoberta em um vídeo na internet, cantando com sua banda Os Marginais. O elenco conta, ainda, com os atores Eline Porto (Cláudia/Eugênia), Emerson Espíndola (Ronaldo/Marcelo Saback/Elder/Executivo/Nando Reis), Evelyn Castro (Nanci Eller/Ana), Jana Figarella (Rúbia/Dora) e Thainá Gallo (Moema/Lan Lan), que se revezam em diversos papeis na montagem.

A ação se desenrola em um cenário com cadeiras, onde também fica a banda que acompanha a protagonista nas várias fases da vida de Cássia. A história narra a descoberta da sexualidade, a primeira paixão por uma menina, as experiências com drogas, a mudança do Rio para Brasília, o contato com o teatro, o nascimento do filho, a parceria com Nando Reis, entre outras passagens importantes de sua vida pessoal e da carreira.

Da cantora que escalava o cenário no Dama Xoc, em SP, no começo dos anos 90, com a mão enfiada na bermuda e já provocando ao mostrar o peito nu, à artista que gravou o DVD acústico sentada no banquinho, o espetáculo procura mostrar a trajetória de Cássia passeando por diversos estilos.

O repertório traz faixas autorais como Flor do Sol, além de canções que ficaram imortalizadas em sua voz, como Malandragem(Cazuza/Frejat) e Relicário, All Star, O Segundo Sol, Luz dos Olhos e E.C.T. (Nando Reis), Socorro (Arnaldo Antunes\Alice Ruiz), Por Enquanto (Renato Russo) etc. O roteiro reúne também Lennon e McCartney (Come Together) e Kurt Cobain (Smells Like Teen Spirit), entre outras.

 

COMO? ONDE? QUANDO?
CCBB SP
Onde? Rua Álvares Penteado, 112 – Centro – SP
Quando? De 19 de Setembro à 10 de Novembro.  Quinta a sábado, às 20h. Domingo, às 19h. Segunda, às 20h
Quanto? R$10,00 inteira e R$5,00 meia-entrada
Share